Impactos da pandemia no meio agropecuário

A pandemia do COVID-19 impactou e ainda impacta diversos setores de produção no Brasil e no mundo. Dentre esses setores, temos o agropecuário o qual é de suma importância para o crescimento e desenvolvimento socioeconômico do país. Sendo assim, conforme o IBGE, no último ano, cerca 21,4% do PIB brasileiro foi proveniente de atividades do meio agro. E vale ressaltar, que no primeiro trimestre de 2020 a agropecuária teve um crescimento de 1,9% (Figura 1 – desempenho de algumas culturas agrícolas em lucro), mostrando que mesmo com as dificuldades enfrentadas com o isolamento social, o setor agropecuário brasileiro conseguiu obter destaque.

Figura 1: Valor Bruto da Produção no Brasil em 2019 e 2020 (em R$ bilhões).
Fonte: CNA, maio/2020. VBP de 2019 e de 2020 a preços de maio de 2020
Figura 1: Valor Bruto da Produção no Brasil em 2019 e 2020 (em R$ bilhões).
Fonte: CNA, maio/2020. VBP de 2019 e de 2020 a preços de maio de 2020

Agronegócio e a indústria alimentícia

Assim, como o setor agropecuário está intimamente ligado ao alimento que chega em nossas mesas, é importante salientar que mesmo com um crescimento significativo de produção, os preços dos alimentos também obtiveram um aumento acentuado. Sendo assim, esse crescimento está ligado aos alimentos que trazemos de fora do país, com a pandemia veio a  alta demanda de alimentos e também o aumento do dólar,  consequentemente os alimentos que importamos para o nosso país também tiveram aumento, deixando um impacto na renda  dos brasileiros e um aumento no custo de produtos que usam materiais importados como matéria prima.  

Sendo assim, conforme o G1, alguns dos fatores que levaram ao custo elevado dos produtos alimentícios foram, a escassez de trabalhadores sazonais na agricultura e a dificuldade de armazenar e transportar os produtos, fatores provenientes da pandemia, resultando num custo maior de produção e consequentemente, impactando no valor dos alimentos. Ademais, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) afirma que dos impactos que a pandemia causa no meio agro, os mais preocupantes são, os embates em preços e mercados, saúde dos produtores e suas famílias, eventuais baixas na mão de obra e segurança para os trabalhadores devido à ausência de EPIs. 

O que outros especialistas dizem ?

Conforme a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do estado (Faesc) José Zeferino Pedrozo, mesmo as atividades agropecuárias sendo consideradas de cunho essencial desde o começo da pandemia do COVID-19, o setor agropecuário ainda assim sofreu diversos impactos pois o transporte de mercadorias se mantém porém, com limitações devido às restrições impostas pelo decreto de isolamento social. 

Contudo, mesmo com fatores preocupantes e em meio a pandemia, especialistas como José Otávio Menten, presidente do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS), acredita que apesar dos impactos provenientes da pandemia as perspectivas para o meio agro no Brasil nesse ano, ainda são positivas.

Leia mais em : https://bityli.com/VcSZN

Baixe nossos E-books gratuitos:
clique para baixar nossos e-books
Clique para baixar

Referências Bibliográficas

Comunicado Técnico do VBP, Maio/2020 – CNA. Dados até abril e preços corrigidos pelos IGP-DI. Valor Bruto da Produção Agropecuária em 2019, a preços de abril de 2020.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produto Interno Bruto – PIB: Estabelecimentos e produtores. Brasil. Disponível em: <https://www.ibge.gov.br/explica/pib.php>. Acesso em: 31 ago. 2020.

Távora, F. L. Impactos do Novo Coronavírus (Covid-19) no Agronegócio Brasileiro. Brasília: Núcleo de Estudos e Pesquisa/Conleg/Senado, abril 2020 (Texto para discussão nº274). 

Gostou do artigo?

Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkedin

MAIS

Deixe um comentário

Leave a Reply