Mercado de grãos no Brasil

Entenda como funciona o mercado nesse setor

O mercado de grãos no Brasil impacta positivamente o setor do agronegócio, sendo assim, o Brasil é considerado um dos maiores produtores de grãos do mundo produzindo com um alcance de 196,5 milhões de toneladas na safra de 2015/2016 ,por exemplo (safra que se destacou), e com uma estimativa de que em dez anos, a safra de grãos atinja cerca de 255 milhões de toneladas EMBRAPA (2020). No entanto, a companhia nacional de abastecimento (Conab) prevê mais para o setor dos grãos no território brasileiro, ela projeta para próxima década um crescimento maior, com cerca de 318,3 milhões de toneladas (Figura 01).


Figura 01: Produção e área plantada de grãos
Fonte: CGAPI/DCI/SPA/MAPA, SIRE/Embrapa e Departamento de Estatística/UNB

Principais grãos produzidos no país

Os principais grãos que são produzidos no setor brasileiro são, o milho, trigo, arroz e a soja. Com isso, destacam-se o arroz e o feijão como alimentos básicos no dia a dia da população, sendo os grãos que os brasileiros mais consomem. Sendo assim, conforme a Conab (2020), o consumo do arroz é de aproximadamente 10,8 milhões de toneladas por ano e o de feijão de 3,0 milhões de toneladas e se mantém estável quanto a essa demanda. Então, pode-se considerar que o consumo per capta desses alimentos tem estado em sintonia com a taxa de crescimento populacional, fazendo com que haja um equilíbrio entre a oferta e demanda.

Ademais, segundo o último censo agro formulado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, foram produzidos cerca de 88 milhões de toneladas de milho em grão e aproximadamente 103 milhões de toneladas de soja nos estabelecimentos que produzem o grão no país. E por fim, temos o café, com uma produção no brasil de 5 mil toneladas do produto torrado.

Produção brasileira de grãos no cenário nacional e mundial

Quanto aos estados que mais produzem no mercado brasileiro de grãos, conforme o ministério da agricultura, pecuária e abastecimento, o Mato Grosso lidera essa ranking com cerca de 73,4 milhões de toneladas. em seguida encontra-se o Paraná com 40,8 milhões de ton. e após, o Rio Grande do Sul com 27,8 milhões de ton. e como menor produtor de grãos do país temos o Maranhão com aproximadamente 5,4 milhões de toneladas.

Logo, podemos observar que a produção de grãos é extremamente importante para contribuir para o agronegócio brasileiro, com isso vale destacar que o Brasil se encontra em primeiro lugar como produtor e exportador de café no mundo (Figura 02). Ademais, vale ressaltar que o país lidera o ranking na produção e exportação de soja em grãos, e ocupa o terceiro lugar como produtor de milho e na produção ocupa o segundo lugar (Figura 02)

Figura 02: Posição do Brasil no Mercado Mundial
Fonte: Departamento de Agricultura dos Estados Unidos

Acesse mais informações quanto a produção de grãos em 2020 em: Agropecuária Brasileira em Números

Baixe nossos E-books GRATUITAMENTE!

Clique para baixar

Bibliografia

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ciência que transforma: Resultados e impactos da pesquisa agropecuária na economia, no meio ambiente e na mesa do brasileiro. Disponível em: https://www.embrapa.br/grandes-contribuicoes-para-a-agricultura-brasileira/graos. Acessado em: 14/10/2020.

Ministério da agricultura, pecuária e abastecimento. Projeções do Agronegócio 2019-20 a 2029-30. Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/politica-agricola/todas-publicacoes-de-politica-agricola/projecoes-do-agronegocio/projecoes-do-agronegocio_2019_20-a-2029_30.pdf/view. Acessado em: 14/10/2020.

Gostou do artigo?

Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkedin

MAIS

Deixe um comentário

Leave a Reply